Artigos

Para onde o direito nos leva?

Para onde o direito nos leva?

Em Romanos 13:1-2 a Palavra de Deus diz: “Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por Ele. Assim quem se revolta contra as autoridades está se revoltando contra o que Deus ordenou, e os que agem desse modo serão condenados.”


Lemos esse texto recentemente no Grupo de Crescimento de Vida, houve um debate lindo, aceso, dinamico, as pessoas fazendo perguntas, levantando temas, lindo de ver pois saimos dali com fome de saber mais, de falar mais! Isso é o estudo biblico que realizamos no Grupo de Vida. Voce aprende a exercitar o pensamento, a estudar mais para saber mais e poder falar mais sobre o que sabe.

No Projeto Vida Nova nós aprendemos a estudar e a pensar, não temos uma lista de regras, temos sim a regra de ler a Biblia, de buscar mais de Deus, de saber o que Ele quer para nossa vida!!

Acerca da autoridade, vejamos o exemplo de Saulo/Paulo. Homem culto, influente, amigo dos poderosos da época. Antes de reconhecer a Autoridade na pessoa de Jesus Cristo, Saulo tentou acabar com a Igreja. (Atos 8:3) “Saulo, porem assolava a Igreja, entrando pelas casas e arrastando homens e mulheres, encerrava-os no cárcere”. Mas, depois de se encontrar com Jesus na estrada de Damasco…. tudo mudou.

(Atos 9:5) “ E ele (Saulo) disse: quem és Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguihões.”

Saulo vira Paulo e entende como é difícil revoltar-se contra a Autoridade Divina. Quando Saulo caiu no chão, ele reconheceu Jesus Cristo como Senhor. Em seguida começou o tratamento de Paulo.

Eu te pergunto: O que precisava aprender aquele que tinha livre trânsito entre os governadores e lideres religiosos? O que precisava aprender aquele que tinha estudado com Gamaliel, o homem mais sábio da épocae que podia se comunicar livremente com qualquer estrangeiro pois falava varias linguas? O que precisava aprender aquele que não parava de ameaçar e perseguir a Igreja, baseado no direito, por considerá-la a vergonha da humanidade?

O que é que cada homem ou mulher instruidos, sabios, conhecedores dos direitos precisam aprender? O que aquele homem chamado Paulo tão instruido e respeitado precisava aprender??

A resposta é simples: Paulo precisava aprender a obedecer. A obediência era o ponto de partida não só para a transformação da sua vida como para a confirmação de sua conversão. Foi ele que escreveu em Romanos “obedeçam as autoridades…”

No momento em que foi salvo por Jesus, Paulo reconheceu que a Autoridade de Deus está acima das leis dos homens.

Prova disso foi a sua atitude de submeter a sua vida a um cristão simples de Damasco chamado Ananias. Humanamente não se tratava de um ilustre catedrático ou um homem importante. Era apenas um cristão cheio do Espírito Santo, cuja vida estava em total submissão a Deus. Cristão fiel que buscava mais de Deus.

Como pode Paulo, que era formado, respeitado e capacitado nas leis dar ouvidos às Palavras de Ananias – um ilustre desconhecido?

A resposta é: o conhecimento da Autoridade Espiritual. Se Paulo não tivesse tido um encontro com a Autoridade Suprema – Deus, na pessoa de Jesus Cristo – na estrada de Damasco, ele jamais teria se sujeitado a Ananias.

Isto nos faz aprender mais um princípio: Não consideramos o homem, mas a autoridade investida nele. Não obedecemos ao homem, obedecemos à autoridade de Deus que está nesse homem. Paulo aprendeu que o entendimento e a aplicação da autoridade das leis estava submissa a Autoridade De Jesus Cristo.

Nós temos direitos?? SIM!! Vivemos em sociedade,…. Mas para onde os direitos nos levam?? O meu direito esbarra no direito de quem está ao meu lado!

Exemplo recente para nós de Portugal: a lei sobre fumar em lugares publicos! Eu não fumo, os fumantes exigiam o direito de fumar, eu exijo o direito de não fumar passivamente…. meu direito, seu direito…. uma questão de pespectiva apenas??

O filho prodigo pediu o que era de direito… e acabou no chiqueiro…

Obedecer não pode estar ligado a perspectiva pessoal (se me agradar, se for bom para mim…)

Se agirmos assim, damos lugar à rebeldia, alimentamos a desordem e saímos do propósito de Deus. É duro, mas é verdade!!

Vamos entender melhor: – O que seria da família se os filhos só obedecessem aos pais quando fosse agradável? Se obedecessem somente quando a ordem fosse boa, da perspectiva pessoal??

O princípio da Obediência não tem a ver com os homens, mas com Deus. O nosso direito não deve nos afastar do centro da Vontade de Deus, que aprendemos atraves da Biblia que é nossa regra de fé e conduta!

Já me perguntaram o que fazer quando os pais proibem os filhos de irem a Igreja. Esse filho deve obedecer aos pais? Minha mãe me proibia de ir a Igreja se eu não fizesse os trabalhos da casa…

Eu respondi: – Esse filho deve obedecer aos pais. Mas, você pode se questionar que Jesus disse que aquele que não deixar pai e mãe por amor a ele não é digno Dele. Está escrito, palavras de Jesus, certo?

Eu respondo: sim e cuidado! Não vamos confundir JESUS com a instituição chamada “IGREJA”. Jesus irá resolver o conflito na vida desse filho, não porque ele foi fiel à igreja, mas porque foi obediente ao princípio da Autoridade Espiritual.

Cuidado para não ficar buscando justificativas, tentando aplicar versos para contradizer os Principios de Deus…. Não venha você querer mentir porque Abraao mentiu, porque Isaque mentiu… Judas se enforcou, você tambem vai se enforcar porque está escrito??

Há um pastor famoso no Brasil que foi criado como muçulmano e se converteu ainda jovem, sua familia proibia de orar, de ler a Biblia, de falar sobre Jesus…o que fazer?? Ele conta que orava escondido no banheiro. Ele procurava respeitar o pai enquanto autoridade, orava pela familia para tambem receberem a Cristo no coração, entendendo que a religiao formal deles não os levaria a lugar nenhum. Ele pagou um preço de obediencia, e espera. Hoje toda a familia é convertida ao Evangelho, ele é lider de uma denominação muito grande.

Obediencia tem seu preço. Mas tambem tem recompensa!!

O direito puro e simples pode nos satisfazer por um tempo, satisfazer nosso ego, nossa vontade, mas a Palavra de Deus vai te satisfazer em tudo, vai ter resposta para tudo, em todo o tempo, por toda a sua vida, para todas as suas necessidades!

O direito não seca suas lagrimas, não tira suas dores, não te dá vida eterna com Deus.

Em Hebreus 13:14 e versos seguintes diz que “não temos aqui cidade permanente, mas uma que ainda há de vir… devemos ser obedientes e fieis aos nossos lideres que cuidam de nós para que eles façam isso com alegria e não com gemidos. O Deus da paz vai nos aperfeiçoar”.

Lendo I Pedro 1:18-25 somos lembrados que “não fomos comprados por coisas corruptíveis, mas com o Precioso Sangue de Cristo… e toda carne é como a erva e vai secar, porem a Palavra de Deus permanece para sempre”.

Que o nosso direito não nos leve para longe do nosso Amado Jesus Cristo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: